domingo, 17 de fevereiro de 2013

O dia em que eu quase entrevistei meu ídolo...

Lembrei dessa história quando soube  há pouco que o jogador Oscar está entre os melhores jogadores de basquete do mundo, entrou para o hall da fama nos EUA. Nunca tive dúvida disso. Ele é sensacional.
Eu sempre gostei do Oscar. Não o achava bonito, nada disso. Admirava a garra dele em quadra, a alegria com que jogava, as cestas de três pontos. Perdi a conta de quantas vezes o vi jogar. Vivia no ginásio do Ibirapuera. E ele sempre foi muito bacana com o público.
Oscar jogou durante muitos anos na Espanha e quando voltou ao Brasil, jogou pelo Corinthians. E lá estava eu no ginásio do Ibirapuera participando dessa festa...
Mas quero contar outra história.
Certa vez, em Mogi das Cruzes, fui escalada para cobrir o jogo entre o time paulista e um time local. Oba, era a chance que tinha de entrevistar meu ídolo.
Assisti a partida em local privilegiado, bem pertinho da quadra. Torcia para meu ídolo...
Mas a partida terminou e infelizmente, o Corinthians perdeu. Oscar, já sabia disso, ficava extremamente irritado com as derrotas.
Eu tentei chegar perto, em vão. Só vi meu ídolo indo embora sem dar entrevistas... Que pena!
A cena seria, no mínimo, curiosa.... Eu tenho 1,53 de altura e o Oscar 2,05...

O Oscar me mandou email dizendo que leu blog e me agradeceu!! uhuuuu

Um comentário:

Thiago Souza disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.